Definição de Paradigma

As idéias principais de Thomas Kuhn: ciência normal e paradigma.

Paradigmas:
são realizações científicas que servem de modelo para toda a pesquisa, determinando que tipos de leis e teorias são válidos, que tipos de dados são pertinentes, que problemas serão investigados, que tipos de soluções serão propostos e até mesmo como os fenômenos científicos devem ser percebidos: por exemplo, no fenômeno da combustão, onde Priestley ‘via’ ar ‘desflogistizado’, Lavosier via oxigênio, (KUHN, 1976, p.146).

“(...)‘Ciência normal’ significa a pesquisa firmemente baseada em uma ou mais realizações científicas passadas. (...) Reconhecidas durante algum tempo por alguma comunidade científica específica como proporcionando os fundamentos para sua prática posterior”, (KUHN, 1976, p. 29). Ou seja, ciência normal é a mesma coisa que paradigma. Aqueles que não se conformam aos limites dos paradigmas são simplesmente ignorados. (idem, p.45). A mudança de um paradigma a outro se dá quando este se esgota. Não é uma questão de ter suas teorias sofridas um bombardeio de críticas e não tê-las suportado. A paz é quebrada, e o paradigma é substituído, quando o anterior acumula uma quantidade tão grande de anomalias que não podem ser explicadas e,então, passa a exigir uma nova maneira de resolvê-los. Portanto, um novo paradigma surge como um novo modo de solucionar questões antigas.

Referencia Bibliográfica:
KUHN, Thomas. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1976.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.