sábado, janeiro 05, 2008

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Para existir uma pesquisa, estudo ou investigação é preciso existir um problema, ou seja, uma questão, inquietação, indignação, curiosidade. Existindo uma questão, em seguida elaboramos uma hipótese. Hipótese é a tentativa que fazemos de apresentar uma solução para um problema. Hipótese é uma solução provisória, isto é, que ainda não foi testada. Portanto, hipótese é o que imaginamos que vai acontecer; é maneira que imaginamos que vai dar certo; é o o que achamos.

Por sua vez, vejamos o que é marco teórico. Para definir bem o que é marco teórico, antes de tudo, é preciso saber diferenciar marco teórico de pressuposto teórico. Freqüentemente estes termos são confundidos.

Em projetos de pesquisa aparece muitas vezes a afirmação de que o marco teórico da pesquisa será, por exemplo, Habermas (1997)e passa-se a discorrer sobre a obra desse autor. Isso não é marco teórico. Marco teórico é uma afirmação teórica específica de determinado autor. Portanto, marco teórico consiste em uma frase importante de um determinado autor. É claro, que todo projeto ficará condicionado a esta teoria escolhida. O marco teórico é, portanto, uma afirmação incisiva de um teórico de determinado campo do conhecimento que realizou investigações e reflexões ordenadas sobre determinado tema e chegou a explicações e conclusões metódicas sobre o assunto ou, de outra maneira, é uma afirmação importante que respalda as reflexões de um autor.

Marco teórico não é pressuposto teórico. O primeiro é o ponto de partida de uma investigação. O marco teórico indica a maneira como será visto um problema. Sobre qual perspectiva um problema será abordado. O marco teórico apresenta conceitos que serão questionados e delimita a maneira como a questão será elaborada. O marco teórico geralmente inicia o capítulo chamado metodologia de um projeto, em seguida vem os objetivos e o procedimento da pesquisa. Naturalmente o marco teórico é a referencia de todas as partes do projeto. Ao contrário, os pressupostos conceituais são conceitos que não serão objetos de questionamento pela pesquisa. Os pressupostos conceituais não são objetos de problematização da pesquisa, mas são conceitos de apoio da pesquisa.


É importante ressaltar que o marco teórico garante a sistematização do conhecimento, distinguindo esse conhecimento do senso comum, permitindo a verificação e a realização de testes dos resultados obtidos e dos procedimentos usados. Se o marco teórico for mudado no meio da pesquisa todos os elementos do projeto são destituídos: problema, objetivos, hipóteses e etc. Muda-se o marco teórico, muda-se a pesquisa. Ler mais sobre Marco Teórico.

12 comentários:

Anônimo disse...

Excelente a explicação sobre marco teórico. Clara e objetiva.

Marinês disse...

Perfeito! Foi de grande valia!

Anônimo disse...

Valeu! Explicação clara e objetiva, como ja foi dito.

Anônimo disse...

Puta que o pariu. Matou a pau esse bizú... (KKK, em linguagem tosca).

Anônimo disse...

Parabéns (e muito obrigado!) pela didática!

Fico (um pouco mais) tranquilo a respeito de minha dissertação! Inclusive em saber que (sem saber!) eu já tinha hipótese, marco e (apontado) pressuposto teórico.

Força e alegria pra vc!

Darth Ferrer

Danilo Mendes disse...

Valeu!!! Foi de grande ajuda, a forma mais clara e objetiva que encontrei. Obrigado.

Anônimo disse...

Professor,
O senhor me salvou. Quase q meu barco afunda por estar a deriva sem marco teórico.

Obrigada!

Anônimo disse...

O COMENTÁRIO JÁ CONTRIBUIU MUITO PARA ESCLARECER MINHAS DÚVIDAS. VALEU! VÊ SE PODE AJUDAR-ME NA PREPARAÇÃO DE UM SEMINÁRIO SOBRE O TEMA FENOMENOLOGIA - MARCO TEÓRICO DA PESQUISA. POIS AINDA NÃO SEI POR ONDE COMEÇAR.

Handebol vencendo obstáculos disse...

obrigada pela ajuda.logo,logo vou está aqui tirando outras dúvidas.

nilton nunes pereira Júnior disse...

Parabéns Professor. Belíssima interpretação

claudio sampaio disse...

me ajudou muito professor... vida longa a vc.

carla disse...

GOSTEI!!!