A educação genuína: a busca da autonomia

A educação realmente genuína não é um mero adestramento nem o simples treinamento.

Adestrar significa simplesmente fazer com que o outro copie, repita sem pensar, execute ações mecanicamente sem considerá-las como sendo uma responsabilidade sua, tornando-o um ser obediente e capaz de demonstrar certa habilidade.

Treinar é sinônimo de adestrar. Treinar é tornar hábil, capaz, por meio de instrução, disciplina ou exercício; habilitando a pessoa para uma determinada atividade. Treinar é desenvolver uma habilidade por meio da disciplina.

A educação , por sua vez, tem como objetivo justamente a crítica, o questionamento, a cidadania e a procura de autonomia.

A pessoa educada, portanto, é a pessoa capaz de criticar, questionar, exercer a sua cidadania e procurar ser cada vez mais autônoma. A educação é nesse sentido sempre uma ação que leva a pessoa a criticar, questionar, aprender a conviver com as instituições e a procurar ser cada vez mais livre e responsável. Assim sendo, esta pessoa que sabe o que quer, convicta, busca sempre aprender o que lhe é necessário e lhe basta.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.