Crise no Senado preocupa aos poucos os brasileiros



Simon se referiu ainda à decisão do senador Aloizio Mercadante (PT-SP), anunciada em Plenário, nesta sexta, 21/08/2009, de voltar atrás na intenção de renunciar à liderança do partido na Casa. Mercadante defendia o afastamento de Sarney e a abertura da investigação. Por isso, havia considerado que não tinha mais condições de seguir no cargo depois do alinhamento dos senadores à posição da Executiva. Porém, desistiu da renúncia e alinhou entre os motivos da desistência uma carta recebida do presidente Lula com apelo para que ficasse no posto. Para Simon, a sensação que ficou do discurso de Mercadante é de que houve um "chamado de Deus" que devia ser seguido contra todo e qualquer argumento.
- A transformação de um líder em deus ou semi-deus é um passo à tragédia na biografia desse líder e também na história do país. Até porque é muito rápida a transformação de um deus em ditador. Às vezes há ditadores que não precisam usar armas, basta usar as cartas - afirmou. Agência Senado

Ouça discursos dos senadores sobre essa crise.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.