Movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST) ocupa mais uma fazenda em Minas Gerais

16551997.jpg foto de Eduardo Gomes
 

Por e-mail a coordenação regional do norte de Minas Gerais do movimento dos trabalhadores rurais sem terra (MST) anunciou que mais uma vez o movimento "estrala os cadeados das porteiras norte mineiras (ver mapa) do latifúndio, desta vez, em Engenheiro Navarro (mapa Google). Com aproximadamente 300 famílias o MST ocupou, na madrugada de hoje, a fazenda Santa Elóia, a 4 km da Cidade, cujo Latifundiário Clarindo Ribeiro Veciane, residente no Rio de Janeiro, detém a propriedade improdutiva de 1400 ha não sabendo ao certo a última vez que esteve por aqui a pelo menos 10 anos. Por isso, os acampados reivindicam a desapropriação imediata do imóvel. O município com alto índice de desemprego, determinado pela pecuária, que não gera renda nem emprego se mobilizou para ação, trabalhadoras e trabalhadores rurais. A ocupação foi pacífica, segundo o caseiro o dono tem interesse em abrir negociação com Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA. Os trabalhadores e trabalhadoras reivindicam do INCRA vistoria de outras áreas. Com essa ocupação o MST chega a nove áreas ocupadas no estado neste ano."
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.