Marina Silva condiciona seu apoio a aceitação de um programa com dez temas

O PV apresentou na tarde desta sexta-feira (8) um programa com dez temas que vai servir como forma de negociação com os candidatos a Presidência da República no segundo turno.

1. Transparência e ética – não instituição de mecanismos de controle da imprensa; transparência dos gastos públicos e divulgação de detalhes dos contratos do governo. Leia-se: os governos do PT e do PSDB (principalmente de Minas Gerais) instituíram mecanismos de controle da imprensa. Até para esconder detalhes de gastos públicos e contratos de governo.

2. Reforma eleitoral – instalação do voto distrital misto, lista cívica e financiamento público de campanha. Leia-se: Quem tem dinheiro e é escolhido pelo partido para ganhar eleições quase sempre ganham.

3. Educação para a sociedade do conhecimento – aumento dos investimentos em educação para 7% do PIB (Produto Interno Bruto). Erradicação do analfabetismo, valorização dos professores e aprovação no Congresso da Lei de Responsabilidade Educacional e criação do Sistema Nacional de Educação. Leia-se: o professor no Brasil é obrigado a trabalhar demais e ganha muito pouco. A qualidade da educação é péssima. Ainda não se pensa em qualidade social da educação. Existe ainda milhões de brasileiros que são analfabetos.

4. Segurança Pública – curso técnico a jovens em situação de risco; fundo nacional de segurança pra complementar salário de policiais; PEC da reforma das policias. Leia-se: Segurança? Onde?

5. Mudanças climáticas, energia e infraestrutura – criação de uma agência reguladora para a Política Nacional de Mudanças Climáticas. Leia-se: A poluição das fábricas e das cidades, a monocultura e a pecuária deixaram o clima doido.

6. Seguridade social, saúde, assistência social e previdência – criação do Programa Saúde da Família; aumento para 75% dos domicílios com acesso à rede de esgoto e pelo menos 50% com tratamento de esgoto coletado até 2014. Leias-se: a maioria das cidades brasileiras não possuem tratamento de esgoto (saneamento básico)- Juiz de Fora em Minas Gerais não chega ter 10% de seu esgoto tratado - despejando nos córregos e rios todos os dejetos e produtos químicos produzidos pela população. Só canalização do esgoto levando-o diretamente para os rios não pode mas ser considerado uma boa política ambiental e política de saúde pública.

7. Proteção dos biomas brasileiros – veto à proposta de alteração do Código Florestal. Leia-se: Nossas florestas estão prestes a sofrer um ataque perigoso – deputados da “bancada ruralista” propõe destruir o nosso Código Florestal, tentando reduzir dramaticamente as áreas protegidas, incentivando o desmatamento e crimes ambientais.



8. Gasto público de custeio e Reforma tributária – proposta da Reforma Tributária ao Congresso. Leia-se: o brasileiro paga imposto demais. O brasileiro deveria lutar mais para diminuir os impostos ou exigir que eles sejam gastos em seu benefício. O sistema público de saúde é ainda uma vergonha! Transporte público?

9. Política Externa – promoção da paz, respeito aos direitos humanos.

10. Fortalecimento da diversidade socioambiental e cultural – criação de um fundo de apoio aos projetos indígenas.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.