Postagens

Mostrando postagens de 2011

Pensamentos contra a escola

Imagem
Mensagem contra a escola e contra a igreja, mais ainda, contra todo processo de intitucionalização de valores. Enfatizo a escola porque dá mais medo hoje em dia  ir contra a escola do que contra igreja. A escola é mais sagrada e obrigatória.

Mas aqui volto a pensar sobre a institucionalização dos valores.
Por exemplo, percebo que as análises sociológicas que enfatizam os aspectos positivos da escola e da igreja, também dos postos de saúde, parecem não dar conta da institucionalização da educação e da fé, mas apenas constatam num círculo vicioso os seus efeitos positivos, tornando-se textos meraramente ideológicos em favor de suas instituições. Entretanto, qualquer estudante mais pobre percebe intuitivamente o que a escola faz por ele. A escola somente o escolariza. A escola faz parecer que substância é processo, de tal modo que ninguém mais crê em substância alguma que não se submeta a ela. De modo que acreditar em sim mesmo se torna um erro condenável. O si mesmo e principalmente os…

A História de Carramanchão

Imagem

A aposta na coragem com Oswaldo Giacoia

O espelho de Machado de Assis - Leia aqui

Your browser does not support iframes.

A Senhora e a Morte

Imagem
Oscar de Melhor Curta de Animação, Prêmio Goya de Melhor Curta Animado de 2009.Também indicado para o Oscar 2011.
Uma idosa, que vive sozinha no campo, está ansiosa esperando a morte para que possa rever seu falecido marido. Quando o ceifador vem buscá-la, é salva por um médico presunçoso. Criado por Javier Recio Gracia e produzido por Kandor Graphics.

Os edukadores - filme

A história gira ao redor de três ativistas anti-capitalistas que vivem no centro da cidade de Berlim — Jule (Julia Jentsch), seu namorado Peter (Stipe Erceg) e Jan (Daniel Brühl) o melhor amigo de Peter, juntamente com um abastado homem de negócios chamado Hardenberg (Burghart Klaubner)

Contra o método Por PAUL FEYERABEND

Pax

Quatro religiosos se reúnem para discutir a violência do mundo atual e encontrar uma resposta para isso. Será que encontram?

"À Margem do Xingu - Vozes Não Consideradas"

Melhor Documentário pelo Juri Popular no IV Festival Paulinia de Cinema Sinopse: Em viagem pelo rio Xingu encontramos inúmeras pessoas, moradores de toda uma vida, que serão atingidos pela possível construção da hidrelétrica de Belo Monte. Relatos de...
"À Margem do Xingu - Vozes Não Consideradas" from Poltrona Filmes on Vimeo.

Debate de Noam Chomsky com Michel Foucault (legendado).wmv

Imagem
A verdadeira tarefa política em uma sociedade como a nossa é criticar o jogo de instituições aparentemente neutras e independentes; criticá-las e atacá-las de tal maneira que a violência política que se exerce obscuramente nelas, seja desmascarada e se possa lutar contra elas.

Jiddu Krishnamurti: "O Ego e a Paz"

Imagem

Perdoando Deus - Clarice Lispector

Imagem
Enquanto eu inventar Deus, Ele não existe.

Taare Zameen Par - Somos Todos Diferentes/Como Estrelas na Terra - filme

Imagem
Ler sinopse - clique aqui

G. K. Chesterton - Ortodoxia

Your browser does not support iframes.

"Os homens que realmente acreditam em si mesmos estão todos em asilos de lunáticos." - p, 12, G. K. Chesterton Confiar em quem, se não podemos confiar em nós mesmos?

A Igreja do Diabo

Your browser does not support iframes.

Um conto de Machado de Assis muito interessante! Vale a pena ser lido! Conto, Histórias sem Data, 1884 Fonte: machado.mec.gov.br Conta um velho manuscrito beneditino que o Diabo, em certo dia, teve a idéia de fundar uma igreja. Embora os seus lucros fossem contínuos e grandes, sentia-se humilhado com o papel avulso que exercia desde séculos, sem organização, sem regras, sem cânones, sem ritual, sem nada. Vivia, por assim dize...

O Espelho - Machado de Assis

Vídeo baseado na pequena história de Machado de Assis: "O espelho" Leia texto de Machado de Assis Clique aqui

Magistério Municipal de Juiz de Fora em greve 2011

Imagem
Os professores da rede municipal de Juiz de Fora, neste ano de 2011 mostraram sua indignação numa greve a favor da justiça, exigindo a implementação do piso nacional. Apesar de todas as ameaças e pressões não deixaram de expor seu descontentamento contra a administração municipal que se negou a dialogar. Após dias de embates o magistério se viu obrigado a recuar, mas o recuo é apenas temporário, no momento que as enrergias forem recompostas o professorado estará novamente nas ruas expondo a vergonha com que a educação pública é tratada nessa cidade e país! Força educadores! Nossa união é mais forte! Força!

Hoelderlin-Wie wenn... 1

Imagem
Hoelderlin-Wie wenn...2

O Sentido da História - Hölderlin, Dostoiévski e Nietzsche

Imagem

Arnaldo Antunes e Nando Reis - Não Vou me Adaptar

Imagem

As Sombras do humano - As razões do ódio

Rosa de Hiroshima

Imagem

Grito dos excluídos 2011

Imagem

GREVE: Fala do Professor Dr. Miguel Arroyo na Assembléia dos Professores...

Imagem

Greve 2011 - Todo apoio aos professores

Imagem

Documentário Ceticismo

Imagem

Vídeo-Definições: Liberalismo & Socialismo

Imagem

Ansiedade

Imagem
Comentário: Quando as pessoas não aguentam mais a sua antipatia logo mandam você fazer terapia, tomar um calmante ou encontrar-se com Deus. Estas formas são formas delicadas de lhe rejeitar. Por necessidade ou por pura ilusão de que é um simpático em tempo integral você acaba caindo nesta esparrela e começa a sofrer. Não o contrário. A melhor saída deste mundo repleto de simpáticos parece ser assumir que só raramente somos simpáticos e o melhor mundo é aquele que permite ficarmos mais tempo só. Devemos tomar cuidado com nossas ideias para nao criarmos uma expectativa muito grande de si mesmo e dos outros, a ideia se transforma em deusa quando a esperança se transforma em certeza. O entretenimento não é a saída. Veja considerações sobre a utopia do lazer. Clique aqui.
O respeito, respeitar a si mesmo, os outros e todas as coisas é o bem.

Humildade

Humildade é tomada de consciência dos limites, em todos os sentidos, e jamais pode ser confundida com fraqueza. Humilde é um homem que se reconhece temporariamente sem poder e continua trabalhando com os recursos que dispõe. Ao mesmo tempo, o humilde se mostra o que é e o que pode, sem se mostrar acomodado e conformado com sua situação, procurando recursos cada vez maiores para continuar trabalhando, respeitando cada vez mais as coisas e os outros. O humilde não é alijado para sempre do poder, ele percebe que seu poder foi circunstancialmente esvaziado. Este esvaziamento é bom, pois torna o homem sempre mais humano, mais educado, mais respeitador. O torna mais gente, desde que o homem não veja este esvaziamento como sendo sua natureza, levando-o ao conformismo e a depressão. Humildade não significa perda de amor próprio, aliás o humilde preserva seu amor próprio. O humilde é simples. Nao faz nenhum sentido você diminuir o seu poder em nome da humildade. Você reconhece a diminuição do…

Manoel de Barros: Só dez por cento é mentira

"Há várias maneiras sérias de não dizer nada, mas só a poesia é verdadeira." (Manoel de Barros)

"Tudo que não invento é falso"

Diálogos com Zygmunt Bauman

Gramsci e a nova esquerda - Carlos Nelson Coutinho

Imagem

O Grande Inquisidor de Dostoiévski

Imagem

História do cuidado - Palestra de Peter Burke

Desnaturalizando a ideia de cuidado. Quem cuida de quem?

Luiz Tatit - Por que nós?

Imagem
O lúcido cético nunca entende porque as pessoas o chama de nós. Só mais ou menos.

Islam é compatível com o Capitalismo? O futuro do Oriente Médio depende da resposta.

A ligação do Estado de Direito e o capitalismo. Não existe capitalismo sem Estado de Direito sugere o texto abaixo. O texto também sugere que a Sharia tem efeitos econômicos negativos, não favorecendo o desenvolvimento do capitalismo no mundo árabe.A abertura do Egito para um a economia de mercado levou o Egito para um capitalismo de compadrio árabe, caracteriza assim o autor o capitalismo existente no oriente médio.

Relatos de resistência ao estatuto de verdade da pedagogia que, em nome da supremacia do conhecimento, desenvolve técnicas de aprendizado que visam o treinamento de corpos mais dóceis e eficientes

Imagem
As chamadas escolas democráticas, nas quais os alunos criam as regras de convívio e escolhem o que querem estudar, foram as que mais intrigaram, encantaram ou assustaram. Entre elas, Summerhill é a mais famosa. Famosa, porém mal conhecida: muitos pensam tratar-se de uma instituição criada por um lunático, uma escola sem regras nem disciplina, onde se brinca em vez de se estudar, enfim, uma experiência fantasiosa que, naturalmente, fracassou e morreu. Engano!



República de Crianças: Sobre Experiências Escolares de Resistência
Apresentação de Yves de la Taille



De todas as inovações educacionais de que tivemos notícias durante o século 20 – método Montessori, ensino programado, construtivismo etc. – as chamadas escolas democráticas, nas quais os alunos criam as regras de convívio e escolhem o que querem estudar, foram as que mais intrigaram, encantaram ou
assustaram. Entre elas, Summerhill é a mais famosa. Famosa, porém mal conhecida: muitos pensam tratar-se de uma instituição criada po…

A criação e anulação dos estranhos

Ver prancha 13 - O livro de Zygmunt Bauman - O mal-estar da pós-modernidade - Ampliar

O Nada é fértil

O Nada tem vários nomes. Todos os nomes do Nada fazem-nos lembrar novamente de uma realidade cheia de muita riqueza, fertilidade e poder. Não existe quem um dia não se voltou de algum modo para o Nada, lhe dando um nome. Esta é uma experiência muito frequente. A necessidade, a paixão pelo Nada transformado em nomes não deixa de ser uma fuga a pobreza e aos problemas irremediáveis de nosso dia-a-dia; este é outro modo de dizer que o Nada transformado em nome é o horizonte de busca de luz e refrigério diante da consciência da finitude de cada um de nós; visualização de um horizonte de sentido cujo fundamento é o Nada. Do Nada então voltamos a admirar a beleza, voltamos a nos encantar pela riqueza e pelo poder que encontra-se neste mundo. Do nada esquecemos a pobreza, a feiura, a esterilidade, o desencanto e toda fraqueza que encontramos no mundo. Tudo acontece do nada. Do Nada acontece um milagre. Do Nada esquecemos os nossos preconceitos. Do Nada ganhamos força para continuar vivendo. …

O Pensamento Epistemológico em Karl Popper

Antigas religiões da bacia do Mediterrâneo

Imagem

Documentário - Criança, a alma do negócio (Brasil)

Imagem
Por que meu filho sempre me pede um brinquedo novo? Por que minha filha quer mais uma boneca se ela já tem uma caixa cheia de bonecas? Por que meu filho acha que precisa de mais um tênis? Por que eu comprei maquiagem para minha filha se ela só tem cinco anos? Por que meu filho sofre tanto se ele não tem o último modelo de um celular? Por que eu não consigo dizer não? Ele pede, eu compro e mesmo assim meu filho sempre quer mais. De onde vem este desejo constante de consumo?

Este documentário reflete sobre estas questões e mostra como no Brasil a criança se tornou a alma do negócio para a publicidade. A indústria descobriu que é mais fácil convencer uma criança do que um adulto, então, as crianças são bombardeadas por propagandas que estimulam o consumo e que falam diretamente com elas. O resultado disso é devastador: crianças que, aos cinco anos, já vão à escola totalmente maquiadas e deixaram de brincar de correr por causa de seus saltos altos; que sabem as marcas de todos os celular…

Jesus. Aproximação histórica - José Antonio Pagola

War/No More Trouble | Playing for Change | Song Around The World

Imagem

Documentário: Simone Weil (1909-1943)

Excelente doumentário sobre a vida de Simone Weil realizado por Florence Mauro para Zadig Productions y Arte France, 2008. Para quem a conhece vale conferir e para que não a conhece é uma excelente oportunidade.

1- Do hipertexto opaco ao hipertexto transparente - Parte 1

Imagem
Parte 2

Crítica da modernidade segundo Gabriel Marcel ou como o homem pode descobrir o seu próprio mistério

Gabriel Marcel dirá que o homem conhece seu próprio mistério pela participação, pois, o ser não é algo abstrato, uma ideia simplesmente, mas o mais cheio de vida que existe, de modo que aproximar-se dele se dá de maneira concreta, isto é, na participação de experiências muito complexas como por exemplo, o amor, a amizade, a conversa sincera e aberta, a fidelidade, a esperança, entre outras.

Um mundo onde o homem foi reduzido a um conjunto de funções: trabalhador, estudante, consumidor, produtor, ele, este homem infeliz, foi transformado somente em mais um funcionário.

Esta situação do homem é degradante, pois ele aparece a si mesmo e aos outros como um feixe de funções: funções vitais (comer, dormir, ...) psicológicas (ver, ouvir, sentir,medo, raiva,...) e sociais (consumidor, empregado, ...). Este homem considerado um obreiro ou um empregado não está sendo transformado em uma máquina que funciona, que é comprovada pelo médico, reformada de vez enquando pela clínica, dado baixa na mor…

A relação entre modernidade ocidental e capitalismo

Na mensagem intitulada "A colonização do poder disciplinar pelo poder institucional no fim da modernidade" constatamos que modernidade ocidental e capitalismo são dois processos históricos não lineares bem diferentes, ou seja, cada um desses processos se desdobraram de maneira própria, embora mantivessem uma relação.

O paradigma que chamamos de modernidade surgiu entre o séc. XVI e o século XVIII, antes mesmo que o capitalismo industrial dominasse o cenário da europa ocidental. Foi somente a partir do final do século XVIII é que modernidade e capitalismo se convergiram e trespassaram-se. Apesar desta convergência os dois processos continuaram sendo diferentes e autônomos. Como se vê, a modernidade surgiu antes do capitalismo e não o pressupunha. Na perpectiva da modernidade o capitalismo muitas vezes se desenvolveu sob bases pré-modernas e mesmo antimodernas.

Provavelmente o paradigma da modernidade ocidental, concebido antes do desenvolvimento do modo de produção da vida ca…

A colonização do poder disciplinar pelo poder institucional no fim da modernidade

O paradigma da modernidade ocidental entra em colapso a partir do momento que todo esforço de emancipação deve se transformar em regulação cada vez maior, aumentando assim o poder das instituições e o poder estatal. 1

"A partir dos séculos XVI e XVII, a modernidade ocidental emergiu como um ambicioso e revolucionário paradigma sócio-cultural assente numa tensão dinâmica entre regulação social e emancipação social. A partir de meados do século XIX, com a consolidação da convergência entre o paradigma da modernidade e o capitalismo, a tensão entre regulação e emancipação entrou num longo processo histórico de degradação caracterizado pela gradual e crescente transformação das energias emancipatórias em energias regulatórias."2

O paradigma da modernidade está no fim e um novo paradigma está sendo gestado. Não está sendo gestado por estratégias emacipatórias no interior do paradigma dominante. Isto se tornou impossível.


Notas:

[1] Constata-se cada vez mais o poder da burocracia o…

Vantagem das irresponsabilidades: loucuras percebidas

Imagem
Existe uma fala bastante conservadora que parece ser certa, todo otimismo sempre nos conduz a irresponsabilidades.

Entretanto, uma fala menos conservadora também parece ser certa, ela diz que só as irresponsabilidades é que são capazes de apontar e deixar transparecer o excesso de otimismo.

De modo que, sendo possível aparar o excesso transparecido, continuamos a caminhar de modo responsável, sem jamais ter pensado em parar com os nossos propósitos.

Sendo assim, cogitando ser isso sempre possível1, admitir as irresponsabilidades é uma vantagem2, pois, considerando-as, não alimentamos nenhum tipo de pessimismo, desde que elas, estas loucuras possam ser percebidas como tal3.

(Luiz Henrique Eiterer em resposta a provocação do livro de Roger Scruton, As vantagens do pessimismo.)
Nota:
[1] Isto, aparar o excesso transparecido e continuando a caminhar de modo responsável, sem jamais ter pensado em parar com os nossos propósitos, só é possível quando as soluções não podem ser buscadas fora da…

Refletindo sobre identidade e libertação: fotografias do artista chinês Jeffrey Wang

Imagem
Refletindo sobre identidade e libertação

O conceito que Jefrey Wang explora, nas fotografias acima, é o da "identidade".

Cada vez mais estamos preocupados em pertencer ao presente que muda numa velocidade muito grande. Na sociedade em que as pessoas se tornam incapazes de fazerem planejamentos para um longo prazo ou estão sempre preocupadas com o resultado final, com o "final", com o "produto" é fácil perder a referência de quem se é, pois elas não possuem mais história e nem estão preocupadas com ela, isto é, não tem ninguém a sua volta capaz de contar a sua história e dizer quem ela é.

O que permanece na memória são apenas processos externos que interferem e lhes deformam. Sem memória do que se é, o que permanece são as deformações que no início parecem belas, mas depois vão se mostrando assustadoras.

O artista Jefrey Wang de 32 anos que vive entre Taiwan e Shanghai retrata estas deformações nas transformações de uma mulher e a sua luta por se reencont…

O perigo da busca do consenso entre religiosos - uma ação conjunta para salvar o mundo

Se surpreenda com este vídeo e reflita sobre a relação entre religião e política e a questão da diversidade de religiões no mundo.
Fonte: Porta Curtas

Tribos sem terra : compreendendo a juventude do século XXI


Observando as festas populares entre jovens hoje – do sertanejo às raves eletrônicas, dos bailes funks aos mega shows internacionais – o artista Fernando Chuí e o psiquiatra Hamer Palhares discutem a cultura das festas jovens como evidência de um corpo cada vez mais cultuado de maneira paradoxal – entre o culto ao corpo esculpido e os corpos virtuais de tribos desterritorializadas em redes sociais.

Fonte - com muitas palestras interessantes: CpflCultura

Fonte da imagem: nordestevinteum

Paula Fernandes - Seio De Minas

Convite ao vazio.

Aliando-me aos cínicos - na acepção moderna, aos individualistas, aos metidos a besta e aos indolentes, deixe que eu mesmo diga: viva o "foda-se", viva a ditadura, viva a "competência", viva o capitalismo. Viva os mortos vivos. Viva esta triste aliança.

Quem acredita?

Imagem

Educação não é sensibilização

Não há educação sem política, sem duvidas, sem posicionamentos, sem reconhecer as próprias questões e os limites das soluções apresentadas, sem conversa, sem discussão, sem debate.
Política de modo algum se restringe a discussão das questões e soluções apresentadas pelos partidos políticos ou qualquer outra instituição. Todos temos uma agenda própria que quase sempre não é levada em conta, não é respeitada, nao é vista como princípio da educação.
Hoje, querem que a educação se torne desavergonhada manipulação de sentimentos e comportamentos, sem debates e argumentações. Querem que se torne pura sedução ao consumo de ideias denominadas politicamente corretas. Querem que a educação se torne, sem escrúpulos, fazer adesões por meio da propaganda, por meio de slogans, que devem ser consumidos sem pensar.
Querem fazer crer que o paternalismo não é uma afronta a liberdade de pensamento, desde que sirva para proteger os mais fracos. E, desde que os fracos aceitem e se comportem do jeito "…

Regras para apresentação de trabalhos acadêmicos mudaram em março de 2011

Imagem
A Norma que especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros) e aplicada, no que couber, aos trabalhos acadêmicos e similares, intra e extraclasse mudou. A terceira edição (ABNT NBR 14724:2011) cancela e substitui a edição anterior (ABNT NBR 14724:2005), a qual foi tecnicamente revisada.
Acesse a NBR14724:2011 clicando aqui ou baixe-a para seu computador clicando aqui. Ou, veja no arquivo na barra de ferramentas no pé da página deste blog.

Professores da rede particular em Juiz de Fora se reunem em assembleia amanhã dia 26/02/11 para garantirem direitos ameaçados.

Imagem
A categoria de professores da rede partircular terá assembleia importantíssima com o SINPRO/JF amanhã, sábado, 26/02/2011, 10:30 - os professores das escolas, faculdades e universidades privadas estão prestes a perder muitas conquistas (Bolsas, 20% extraclasse, outros). Todos precisam comparecer à assembleia que será realizada na Sociedade de Medicina (R. Braz Bernardino).Ver mais
|| -- SINPRO JF -- ||
www.sinprojf.org.br
Sinpro - JF, Sindicato dos Professores de Juiz de Fora. Filiado a Contee e CUT Rua Halfeld, 805/401 - Centro - Juiz de Fora / MG - CEP: 36010-003

NBR – A TV do Governo Federal