Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

Refletindo sobre identidade e libertação: fotografias do artista chinês Jeffrey Wang

Imagem
Refletindo sobre identidade e libertação

O conceito que Jefrey Wang explora, nas fotografias acima, é o da "identidade".

Cada vez mais estamos preocupados em pertencer ao presente que muda numa velocidade muito grande. Na sociedade em que as pessoas se tornam incapazes de fazerem planejamentos para um longo prazo ou estão sempre preocupadas com o resultado final, com o "final", com o "produto" é fácil perder a referência de quem se é, pois elas não possuem mais história e nem estão preocupadas com ela, isto é, não tem ninguém a sua volta capaz de contar a sua história e dizer quem ela é.

O que permanece na memória são apenas processos externos que interferem e lhes deformam. Sem memória do que se é, o que permanece são as deformações que no início parecem belas, mas depois vão se mostrando assustadoras.

O artista Jefrey Wang de 32 anos que vive entre Taiwan e Shanghai retrata estas deformações nas transformações de uma mulher e a sua luta por se reencont…

O perigo da busca do consenso entre religiosos - uma ação conjunta para salvar o mundo

Se surpreenda com este vídeo e reflita sobre a relação entre religião e política e a questão da diversidade de religiões no mundo.
Fonte: Porta Curtas

Tribos sem terra : compreendendo a juventude do século XXI


Observando as festas populares entre jovens hoje – do sertanejo às raves eletrônicas, dos bailes funks aos mega shows internacionais – o artista Fernando Chuí e o psiquiatra Hamer Palhares discutem a cultura das festas jovens como evidência de um corpo cada vez mais cultuado de maneira paradoxal – entre o culto ao corpo esculpido e os corpos virtuais de tribos desterritorializadas em redes sociais.

Fonte - com muitas palestras interessantes: CpflCultura

Fonte da imagem: nordestevinteum

Paula Fernandes - Seio De Minas

Convite ao vazio.

Aliando-me aos cínicos - na acepção moderna, aos individualistas, aos metidos a besta e aos indolentes, deixe que eu mesmo diga: viva o "foda-se", viva a ditadura, viva a "competência", viva o capitalismo. Viva os mortos vivos. Viva esta triste aliança.

Quem acredita?

Imagem

Educação não é sensibilização

Não há educação sem política, sem duvidas, sem posicionamentos, sem reconhecer as próprias questões e os limites das soluções apresentadas, sem conversa, sem discussão, sem debate.
Política de modo algum se restringe a discussão das questões e soluções apresentadas pelos partidos políticos ou qualquer outra instituição. Todos temos uma agenda própria que quase sempre não é levada em conta, não é respeitada, nao é vista como princípio da educação.
Hoje, querem que a educação se torne desavergonhada manipulação de sentimentos e comportamentos, sem debates e argumentações. Querem que se torne pura sedução ao consumo de ideias denominadas politicamente corretas. Querem que a educação se torne, sem escrúpulos, fazer adesões por meio da propaganda, por meio de slogans, que devem ser consumidos sem pensar.
Querem fazer crer que o paternalismo não é uma afronta a liberdade de pensamento, desde que sirva para proteger os mais fracos. E, desde que os fracos aceitem e se comportem do jeito "…

Regras para apresentação de trabalhos acadêmicos mudaram em março de 2011

Imagem
A Norma que especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros) e aplicada, no que couber, aos trabalhos acadêmicos e similares, intra e extraclasse mudou. A terceira edição (ABNT NBR 14724:2011) cancela e substitui a edição anterior (ABNT NBR 14724:2005), a qual foi tecnicamente revisada.
Acesse a NBR14724:2011 clicando aqui ou baixe-a para seu computador clicando aqui. Ou, veja no arquivo na barra de ferramentas no pé da página deste blog.