Vantagem das irresponsabilidades: loucuras percebidas

Existe uma fala bastante conservadora que parece ser certa, todo otimismo sempre nos conduz a irresponsabilidades.

Entretanto, uma fala menos conservadora também parece ser certa, ela diz que só as irresponsabilidades é que são capazes de apontar e deixar transparecer o excesso de otimismo.

De modo que, sendo possível aparar o excesso transparecido, continuamos a caminhar de modo responsável, sem jamais ter pensado em parar com os nossos propósitos.

Sendo assim, cogitando ser isso sempre possível1, admitir as irresponsabilidades é uma vantagem2, pois, considerando-as, não alimentamos nenhum tipo de pessimismo, desde que elas, estas loucuras possam ser percebidas como tal3.

(Luiz Henrique Eiterer em resposta a provocação do livro de Roger Scruton, As vantagens do pessimismo.)
Nota:
[1] Isto, aparar o excesso transparecido e continuando a caminhar de modo responsável, sem jamais ter pensado em parar com os nossos propósitos, só é possível quando as soluções não podem ser buscadas fora da relação, isto é, não usamos o critério da razão ou de alguma razão para solucionar problemas do estabelecimento de uma relação.
[2]Voltar a lucidez e não à razão.
[3]Loucura mesmo e não desrazão.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Projeto de pesquisa: o que é hipótese e marco teórico

Projeto de pesquisa: construindo o marco teórico

História do Direito: O direito grego antigo.